Deus deprimido, beberrão e boca suja. Mostra série de TV.

“Miracle Workers” tem sido criticada por cristãos conservadores nos Estados Unidos.

Estreou na semana passada, nos Estados Unidos, a série “Miracle Workers”, que traz a figura de Deus representada por um homem beberrão, boca suja e preguiçoso.

A produção do canal TBS mostra o céu como se fosse uma empresa e Deus (Steve Buscemi) é o diretor-executivo da companhia, deprimido por estar cansado de ocupar o cargo a milhares de anos.

Os episódios mostram o personagem principal acompanhando as desgraças do mundo pela TV, sem se importar ou fazer algo para intervir. Isolado do mundo, ele vive em um quarto luxuoso e consome muito álcool e fala palavrões.

O primeiro episódio levou cristãos conservadores a condenarem a série, tanto pelo nome, que leva a crer que se trata de uma produção sobre milagres, até a representação grotesca do Criador. O site One Million Moms postou uma nota dizendo que a série zomba de Deus e pediu aos pais que não deixem seus filhos assistirem a atração.

Fonte: Gospel Prime